Notícias

16/06/2017 - Prêmio de Gestão Escolar é lançando para educadores no RN

Reunindo educadores de todo o Estado, a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN lançou, na manhã da última quarta-feira (14), a edição 2017 do Prêmio de Gestão Escolar. O objetivo do prêmio é estimular o desenvolvimento de uma gestão democrática e eficaz com foco no ensino e aprendizado. Para este ano, escola vencedora receberá R$ 30 mil e o evento de premiação das instituições do Nordeste acontecerá em novembro, em Natal.

O lançamento do Prêmio Gestão Escolar aconteceu no Auditório Angélica Moura, localizado na sede da SEEC, no Centro Administrativo do Estado. O Prêmio de Gestão Escolar é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e, no RN, é realizado pela Secretaria de Educação do RN e pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-RN). Para participarem as escolas devem realizar umaautoavaliação do seu cotidiano e preencher um questionário do site www.premiogestaoescolar.org.br.

Após esse processo, deve criar um plano de ação e realizar reuniões com a comunidade escolar. Os gestores podem submeter seus projetos até o dia 14 de agosto deste ano. A secretária de Educação do RN, professora Cláudia Santa Rosa, durante a cerimônia de lançamento, destacou o protagonismo que a escola pode assumir ao participar do prêmio. “É possível uma escola pública que pulse, que seja viva. É possível todas as escolas escreverem no prêmio, concorrem e serem vencedoras. E esse prêmio gera um movimento dentro e fora da escola. Nunca uma comunidade escolar é a mesma depois de um prêmio como esse, pois ela passa a repensar suas práticas e percursos”, destacou Santa Rosa.

A meta da Secretaria de Educação é alcançar o maior número de inscritos para a edição de 2017, para isso a titular da Educação pediu para os educadores presentes que eles se tornassem multiplicadores do prêmio: “Nós acreditamos muito na capacidade de cada dirigente, gestor e técnicos envolvidos para mobilizar as escolas a participarem do prêmio. Cada um de nós deveríamos ter uma meta para fazermos esse trabalho de mobilização junto as escolas. Nosso desejo é atingir, no mínimo, 80% das nossas escolas inscritas”. Experiência O lançamento contou com a apresentação de escolas vencedoras em edições passadas do prêmio.

Um bom exemplo de transformação dentro do ambiente escolar foi o que os estudantes do município de Jaçanã vivenciaram na Escola Estadual Terezinha Carolino. A vice-diretora da escola, a professora Jacilda Macedo da Costa, relatou sobre como o protagonismo juvenil foi trabalhado na escola: “Ficamos em segundo lugar no Brasil. Nossa preocupação era transformar nossos alunos cidadãos críticos e, para isso, incentivamos a participação de diversas ações, como Parlamento Jovem, Jovem Embaixador, Jovem Parlamentar do Mercosul, promovendo a presença dos nossos alunos em conferências do direito e da criança. Isso tudo também contribui na melhoria do aprendizado, o que pode ser visto na melhoria do IDEB, um reflexo do movimento do nosso trabalho”. Para o coordenador do prêmio no âmbito da SEEC, Edimilson Simplício, o prêmio é um momento de reflexão da escola sobre seus potenciais e desafios. “A escola tem a oportunidade de fazer uma radiografia da sua realidade. Com isso ela consegue ter noção do que deve ser solicitado para ter uma melhoria no seu projeto de ensino.

A escola tem muitas chances de êxito se trabalhar coletivamente na construção de estratégias”, disse o coordenador. “É um prêmio que vem melhorando sua composição a cada ano. As escolas ainda recebem recursos para decidir o que deve ser feito em prol do crescimento da instituição”, encerrou. Municípios Presente na abertura, a presidente da Undime-RN e secretária municipal de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas, destacou que todos os municípios estão aptos a fazerem parte das atividades do prêmio: “Todos os municípios, sem distinção de tamanho, podem participar deste prêmio. Desejo que a articulação nos municípios aconteça para que nossas escolas estejam participando.

A Undime está, junto com a SEEC, aberta para trabalhar juntos em prol de uma educação mais igualitária”. Confiança A capital potiguar, Natal, foi escolhida pela primeira vez para servir de sede para a cerimônia de premiação dos melhores resultados de gestão escolar dos estados da região Nordeste. O evento acontecerá nos dias 9 e 10 de novembro. “O Rio Grande do Norte é visto como um Estado que quer investir e mudar a sua Educação. Prova disso é a confiança que recebemos de diversos setores. A realização da premiação aqui em Natal é um dos indicativos desse novo momento”, destacou a professora Cláudia Santa Rosa.

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados