Notícias

16/05/2017 - Crianças com necessidades específicas: 5 livros essenciais

Quem trabalha com crianças com limitações intelectuais, cognitivas ou afetivas, conhece bem as dificuldades que fazem parte da rotina de aprendizado delas.
 
Pensando em munir pais, professores, educadores e cuidadores de crianças - não só aquelas com necessidades específicas, mas todas as crianças -, o site especializado no assunto Reab criou uma lista com cinco livros que podem ser aliados indispensáveis quando o assunto é infância e desenvolvimento.
 
São obras sobre assuntos diversos, como neurologia e desenvolvimento, aquisição de linguagem, autismo na infância, entre outros. Longe de esgotar a reflexão sobre esses temas, os livros apresentam caminhos possíveis, exemplos bem-sucedidos e inspiração para acreditar que toda criança pode, sim, aprender. Confira e inspire-se para incrementar sua biblioteca. Os comentários acerca de cada obra são da psicopedagoga  Michelle Costa Soares, do Reab.
 
1. "A Criança em Desenvolvimento", de Helen Bee
 
É  um clássico na área de desenvolvimento infantil. Aborda desde o desenvolvimento pré-natal até a chegada da adolescência. Nele é possível vermos os estágios de cada etapa do desenvolvimento da linguagem, motor, inteligência, social e emocional.
 
2. "Neurologia e Aprendizagem", de Newra T. Rotta 
 
É um daqueles livros que você quer morar dentro, pois traz informações preciosas sobre alguns casos clínicos e nos possibilita construir novas formas de pensar e agir clinicamente. Alguns temas presentes nele, são: Autismo, Deficiência Intelectual, Paralisia Cerebral, Transtornos da aprendizagem, entre outros.
 
3. "Avaliação Neuropsicológica", de Leandro F. Malloy-Diniz
 
É um livro para aqueles que precisam conhecer cada área de funcionamento cognitivo e a partir daí utilizar ferramentas próprias da neuropsicologia para avaliar o desenvolvimento dessas funções, sejam em crianças, adolescentes, adultos ou idosos.
 
4. "Intervenção Precoce em Crianças com Autismo"
 
O livro é baseado no modelo Denver que acredita na intervenção baseada nos interesses e inclinações de cada criança. Ele não é o único modelo a utilizar esta abordagem, no entanto, este modelo nos dá um conteúdo bem especifico de alguns procedimentos esperados para o desenvolvimento infantil.
 
5. "Neurociência e Educação", de Sally J. Rogers 
 
Ele nos dá uma base bem boa da estrutura cerebral. O que são neurônios, conexões sinápticas, plasticidades cerebral, funções cognitivas? Este é um daqueles livros que a gente começa a entender como o cérebro de fato aprende e começa a pensar em intervenções que estejam associadas as bases para a aprendizagem.

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados