Notícias

14/12/2016 - App 'Palma' auxilia educadores com alfabetização de crianças

Em um país em que o índice de analfabetismo da população é de 8,5% em 2013, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), métodos tecnológicos para ajudar no aprendizado são bem vindos. Por isso, nasceu o Palma (Programa de Alfabetização na Língua Materna), uma iniciativa que propõe o uso de smartphones e tablets com um aplicativo educacional cujo objetivo é estimular e complementar, as habilidades de leitura, escrita e compreensão de textos.

Seguindo recomendação da Unesco de utilizar tecnologia móvel para obter melhores resultados na escola, o Palma combina sons, letras, imagens e envio de dados. Há cinco níveis de dificuldade: alfabeto, sílabas simples, sílabas complexas, universo vocabular e leitura e compreensão de textos.

Para instalar o app, baixe-o no  e toque na opção instalar. Após o download, o aplicativo abrirá e solicitará o código de acesso. Digite o código de acesso RYIOQ. A promoção é válida para os primeiros mil leitores que usarem o voucher. A conexão com a internet é necessária somente no momento de baixar o aplicativo, após isso, ele é todo executado no modo off line.

O app Palma Escola foi desenvolvido pautado na tabela de diretrizes e competências do MEC - ministério da Educação -  que trata do 1º Ciclo de conteúdo da alfabetização. Ele é utilizado em sete municípios do Estado de São Paulo com 600 alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos. Em 2014, 2015 e 2016 , o programa foi testado também com crianças na faixa etária de seis a dez anos, apresentando aceleração da aprendizagem e diminuição da evasão dos alunos.

A plataforma também gera relatórios de gestão da aprendizagem e contém 4.200 atividades de aprendizagem em 937 palavras, 1.221 frases, 54 categorias de palavras e 34 textos.

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados