Notícias

09/12/2015 - Enquete do Observatório questiona sobre o salário dos docentes brasileiros

O piso salarial do magistério foi reajustado em 13,01% em janeiro de 2015, conforme determina o artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. O valor do piso para 2015 é de R$ 1.917,78. Então o Observatório da Educação do RN realizou uma enquete para saber a opinião do público sobre o valor recebido pelos professores. 77,7% acham muito baixo, 16,6% acham um bom salário e 5,5% não tinham opinião formada.

De acordo com um recente relatório dos sistemas educacionais do mundo Education At a Glance 2015, o salário inicial dos professores, no Brasil, é um dos mais baixos entre os integrantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, e mesmo entre os países latino-americanos, abaixo do Chile, Colômbia e México. Na pré-escola, paga-se menos da metade da média mundial.

Conforme a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) de 2014, em relação ao valor de 2013. O vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio modalidade normal, com jornada de 40 horas semanais, em 2015 é de R$ 1.917,78, válido até este fim de ano.  Porquanto, em 2016 o piso salarial dos professores saltará para R$ 2.743,65.

Rodrigo Zuza | Observatório da Educação do RN

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados