Notícias

18/08/2015 - Governo federal suspende prova de alfabetização em 2015

O governo federal suspendeu a edição 2015 da ANA (Avaliação Nacional da Alfabetização), prova aplicada em todo o país para alunos do 3º ano do ensino fundamental, etapa em que se completa o ciclo de alfabetização.

A decisão, segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), foi pedagógica e não financeira, como chegou a ser noticiado.

"Terminamos de processar os dados do ano passado agora [em meados de julho]", explicou o presidente do Inep, Francisco Soares. "Precisamos mergulhar nos dados [do ano anterior antes de produzir novas estatísticas."

"É absolutamente essencial colocar a alfabetização no centro do debate", afirma Soares, explicando que o foco está em monitorar a aprendizagem dos alunos e não apenas em acumular avaliações.

No Inep, já se discute a necessidade de a avaliação ser anual -- há indicativos de que a prova poderia ser aplicada a cada dois anos. "A questão financeira impactou, mas não disparou [o processo para repensar a periodicidade da prova]", diz Soares.

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

A ANA é uma das estratégias para execução do Pnaic (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa), instituído pelo governo federal em julho de 2012. Pelo Pnaic, os alunos deveriam estar alfabetizados até 8 anos de idade, ou no 3º ano do ensino fundamental.

A previsão no Pnaic era de que a ANA seria anual e seus resultados seriam disponibilizados para as escolas como instrumento de monitoramento e de ajuste nos currículos.

Para especialistas ouvidos pelo UOL, a suspensão da edição da prova não causará impacto importante no Pnaic. Eles criticam a lentidão do programa, que estaria de escanteio entre as políticas do MEC (Ministério da Educação).

Fonte: UOL Educação

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados