Notícias

14/08/2015 - RN apresenta queda na qualidade do ensino básico

A queda no resultado do Ideb no Rio Grande do Norte segue uma curva decrescente. Em 2013, apenas 43 dos 167 municípios potiguares atingiram a meta estabelecida pelo MEC. Em 2011, foram 62 municípios e, em 2009, 76 alcançaram a meta fixada pelo Ministério da Educação para que o Brasil atinja, até o final desta década, o patamar educacional dos países desenvolvidos. 

Em termos numéricos, isso significa evoluir da média nacional 3,8, registrada em 2005, para um Ideb igual a 6,0, na primeira fase do ensino fundamental, considerada a mais crucial para o aprendizado.  O que demonstra o declínio dos resultados.

Apesar de o Brasil ter avançado no sistema de avaliação do sistema de educação - com a criação de instrumentos como a Prova Brasil, a Ana (alfabetização), o Enem, para o ensino médio e o Pisa, em nível internacional – o uso dos dados obtidos ainda não é bem explorado, na avaliação da diretora do IDE, Cláudia Santa Rosa. “Não há um plano macro para o planejamento e gerenciamento usando desses indicadores. O que faz parecer que os gestores públicos, nas três esferas do Executivo, não estão sabendo o que fazer com esses resultados”, observa.

A situação se agrava ao passo em que a graduação avança. No primeiro ciclo do ensino fundamental, a média do RN é 3,9. No segundo ciclo cai para 3.1 e no ensino médio 2.7. A qualidade do ensino médio da rede privada também está em queda. A nota de 2013 foi 4,8, quase um ponto acima da rede pública, mas caiu em relação a 2007, quando foi apurado um Ideb de 5.3.

No geral, 93 municípios conseguiram avanços nos primeiros anos do ensino fundamental em 2013, doze mantiveram as mesmas notas de 2011, entre eles Mossoró, que permanece com os mesmos 5.1. “A melhoria passa também por uma questão de capacidade técnica, ética, no tocante ao compromisso de todos os envolvidos, e política públicas”, pontua a pedagoga.

Fonte: Tribuna do Norte

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados