Notícias

13/07/2015 - Escola municipal de Natal lança livro "Jornal Flor"

A Escola Municipal Professor Ulisses de Góis, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), desenvolveu e lançou, através do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem da UFRN, o livro "Jornal Flor", com os alunos do 1° ano do ensino fundamental. O trabalho foi desenvolvido no decorrer do ano letivo de 2014 pela estudante de mestrado Alana Driziê Gonzatti dos Santos, através do projeto "O habitus de estudar: construtor de uma nova realidade na educação básica da Região Metropolitana de Natal".

O trabalho foi desenvolvido em parceria com a professora da E. M. Professor Ulisses de Góis, Rita de Cascia Gomes, e constitui-se de um importante instrumento pedagógico no processo de alfabetização, no letramento familiar e no aprimoramento de "O habitus de estudar". De acordo com a estudante de mestrado Alana Driziê, o projeto apoia as suas intenções de realização nos seguintes princípios: buscar a ampliação das pesquisas realizadas na UFRN no âmbito do Núcleo Avançado de Políticas Públicas, no programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, no programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem e no programa de Pós-graduação em Matemática; vislumbrar a possibilidade de ampliação e articulação entre os grupos de pesquisas vinculados aos programas supracitados; investir na possibilidade de perspectivas de continuidade na construção do mapa Social da Região Metropolitana de Natal (RMN).

De acordo com o pós-doutor pela UFRN, Moisés Alberto Calle Aguirre, o "Jornal Flor" tem se constituído um importante instrumento pedagógico no processo de alfabetização, no letramento familiar e no aprimoramento de O Habitus de estudar. “O jornal apresenta três potências que o colocam como imaginativo e inovador no processo de educar”, disse Moisés Alberto Calle Aguirre.

Segundo ele, a primeira potência refere-se à atitude positiva das professoras o processo de despertar na criança o interesse, o desejo e a disposição de aprender, estimulando-as através do desenvolvimento de uma diversidade de atividades que foram trabalhadas na composição do Jornal Flor. “Dentre as atividades realizadas fora da escola foram [sic] a visita aos ambientes educativos da Universidade Federal do Rio Grande Do Norte (UFRN), que incluiu conhecer e aprender sobre o Museu de Ciências Morfológicas, a Biblioteca e a TV Universitária – locais onde os estudantes receberam verdadeiras aulas acerca da importância educativa de cada um dos espaços universitários visitados”, disse.

A segunda potência, segundo o professor, mostra o jornal no processo educativo dos estudantes, pois faz referência à mobilização e a concretização do envolvimento e da participação massiva dos pais e da família junto aos alunos nos eventos; e a terceira potência é a força da parceria institucional entre a Escola Municipal Ulisses de Góis e a UFRN, concretizada através do projeto 'O habitus de estudar: construtor de uma nova realidade na educação básica da Região Metropolitana de Natal'.

Para a aluna de mestrado da Alana Driziê Gonzatti dos Santos (PPgEL | UFRN), o projeto "O Jornal Eletrônico como prática de letramento: promoção do letramento familiar e das práticas sociais na escola" foi realizado para a construção da dissertação. “A definição de se trabalhar o jornal eletrônico na classe do primeiro ano do ensino fundamental da Escola Municipal Professor Ulisses de Góis foi considerando que a escola é – ou deveria ser – um espaço para atender a missão de alfabetizar letrando – apoiando-se no fato de que os alunos sentem o desejo de “fazer melhor” quando estão se expressando, escrevendo ou desenhando”, disse a estudante.

A gestora da Escola Municipal Professor Ulisses de Góis, Norma Chacon, que acompanhou a realização do projeto, contou que se sentiu realizada no lançamento do livro "Jornal Flor", no Auditório 2, do Departamento de Políticas Públicas (UFRN) que contou com os autores, os alunos do primeiro ano da Escola Municipal Professor Ulisses de Góis (2014) e seus familiares. “Eu me sinto feliz por fazer parte desse projeto. Acompanhei todo o desenvolvimento, e agora lançamos o livro "Jornal Flor". Um projeto lindo que conta com atividades diversas e com a participação intensa da família no ambiente escolar”, concluiu.

Fonte: Secretaria Municipal de Natal

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados