Notícias

07/07/2015 - Flip termina com importantes participações de potiguares‏

Terminou anteontem (5) a 13ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). A edição 2015 do evento, um dos maiores de literatura da América Latina, começou na última quarta-feira (1º) e contou com participações importantes de potiguares. Pela quarta vez consecutiva, o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), organização da sociedade civil do Estado, colaborou em mesa temática sobre políticas públicas de incentivo à leitura, discussão que também contou com parlamentares do Rio Grande do Norte.

A professora Cláudia Santa Rosa, diretora executiva do IDE, mediou mesa temática sobre o tema na Câmara Municipal de Paraty na quinta-feira (2). A discussão de políticas públicas, aliás, leva o Instituto à Festa desde 2012. “A mesa que mediei foi muito rica, porque reuniu representantes de entidades e projetos dos melhores que há no país. É um desafio garantirmos a sustentabilidade dos projetos e das ações de leitura e o debate só reforça a necessidade de se garantir orçamento público para a área à altura das necessidades existentes”, avaliou Cláudia.

De acordo com a professora, durante a Flip, a cidade de Paraty se transforma na capital mundial da leitura, mas uma questão deve ser considerada: “são muito importantes as ações que têm sido feitas para fugir do caráter pontual do evento e já há um trabalho fantástico acontecendo o ano inteiro com bibliotecas de todo o Brasil e é isso que o IDE defende, que hajam atuações continuadas em favor da leitura”.

Outra veterana na Flip é a senadora Fátima Bezerra (PT). A parlamentar participou, na sexta-feira passada (3), de mesa redonda sobre o Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL), durante a qual pediu agilidade no envio do projeto de lei que o coloca em prática. “Nós temos um belo plano. Ele não é um plano de gaveta. Ele foi debatido e dialogado com toda a sociedade. Agora, precisamos ter uma mobilização social, para que ele chegue ao Congresso Nacional e vire uma política de estado”, disse a senadora.

Ainda no primeiro ano do seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados, o deputado federal Rafael Motta (PROS) também integrou mesa temática na Flip, para tratar do Fundo Nacional Pró-Leitura (FNPL), objeto de projeto de lei do qual é relator na Comissão de Educação da Casa. “A criação do FNPL vai garantir o atendimento aos propósitos da Política Nacional do Livro e também permitir que as políticas públicas de incentivo à leitura ultrapassagem a pontualidade e se tornem contínuas”, afirmou Motta sobre a sua colaboração como estreante na Festa Literária.

Fonte: Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE)

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados