Notícias

27/03/2014 - Inscrições para Concurso Escola de Leitores vão até 17 de abril

Fonte: www.institutocea.org.br

 

Barueri (SP) – O período de inscrições para a terceira edição do concurso Escola de Leitores, ligado ao programa Prazer em Ler do Instituto C&A, foi prorrogado até o dia 17 de abril. O concurso premiará projetos de promoção de leitura literária e formação de leitores de literatura em escolas das redes municipais de ensino de Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).
 
Poderão se inscrever escolas de educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O edital do concurso pode ser acessado no link http://www.institutocea.org.br/midiateca/53/publicacao-institucional/edital-concurso-escola-de-leitores-2014.aspx
 
O concurso Escola de Leitores tem por objetivo mobilizar comunidades escolares para implementação e aprimoramento de projetos e políticas de formação de leitores de literatura, em redes municipais de ensino. A ação é realizada em parceria com as secretarias de Educação das cidades participantes.
 
Em cada município participante, o concurso conta com o trabalho de uma organização que atuará na formação e no acompanhamento técnico das escolas selecionadas. As organizações formadoras são o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), em Natal; a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), no Rio de Janeiro; e o Centro de Estudos A Cor da Letra, em São Paulo.
 
Para participar do concurso, os projetos deverão ter caráter coletivo, envolvendo em sua concepção e execução diferentes representantes da comunidade escolar, como gestores, professores, bibliotecários, demais funcionários e alunos.
 
As iniciativas deverão, ainda, contemplar os quatro eixos do programa Prazer em Ler: espaço, acervo, mediação e gestão compartilhada. O programa Prazer em Ler foi criado pelo Instituto C&A em 2006 e tem o objetivo de contribuir para a efetivação do direito à leitura, por meio da formação de leitores e da formulação e aperfeiçoamento de políticas públicas.
 
Como premiação, as unidades educacionais vencedoras do concurso Escola de Leitores receberão R$ 15 mil cada uma para desenvolvimento do projeto de leitura; viagem à Colômbia para dois representantes da equipe do projeto, de modo que participem de um intercâmbio de experiências de promoção da leitura; formação e acompanhamento técnico no período de setembro de 2014 a novembro de 2015; e apoio à apresentação e divulgação do projeto em congressos, seminários e similares no Brasil.
 
O processo de seleção será conduzido por uma comissão técnica composta por especialistas e terá três etapas: triagem inicial, avaliação técnica e visitas técnicas.
 
Na primeira delas, será verificado o atendimento aos requisitos definidos no edital. Na segunda etapa, os especialistas farão uma avaliação do material enviado, com base em critérios como coerência do projeto; capacidade de implementação; base para implementação do projeto segundo os quatro eixos do programa Prazer em Ler e pertinência das ações previstas para o alcance da efetivação do direito à leitura. Nesta fase serão definidos os finalistas do concurso para a etapa das visitas técnicas. As visitas técnicas, que terão o objetivo de verificar as informações fornecidas na ficha de inscrição e o potencial de realização do projeto apresentado e apontarão os vencedores.
 
Serão selecionados até sete projetos nos municípios do Rio de Janeiro, como também na cidade de São Paulo, enquanto em Natal, cuja rede municipal possui menos escolas, serão escolhidos até cinco projetos. A relação dos vencedores será anunciada neste site e nos sites das Secretarias Municipais de Educação participantes, na segunda quinzena de julho de 2014.

 
As escolas interessadas em participar do concurso Escola de Leitores devem cadastrar-se no portal de editais do Instituto C&A, por meio do link http://icea.sispart.com/
 
O cadastramento garante ao usuário acesso à ficha de inscrição on-line e a outros documentos relativos ao concurso.
 
As edições anteriores do concurso Escola de Leitores aconteceram em 2009 e 2011 e envolveram escolas das cidades de Natal/Parnamirim (RN), Paraty (RJ), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro e São Paulo.

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados